URGENTE!!! SINPOL convoca policiais para ALEGO

0
4356

O Sindicato dos Policiais Civis de Goiás – SINPOL, CONVOCA em caráter extraordinário todos os policiais civis para estarem presentes, devidamente caracterizados, nos próximos dias 17 e 18 de dezembro na Assembleia Legislativa, a partir das 14h, a fim de se mobilizarem acerca da PEC da Previdência, dentre outros projetos de leis encaminhados àquela Casa Legislativa pelo Governo do Estado, que buscam de forma deliberada e leviana arrancar direitos conquistados há décadas por meio de grandes lutas.

Impor mudanças bruscas no futuro dos servidores públicos e em seus direitos, atribuindo ao trabalhador a responsabilidade pela crise financeira nas contas públicas e pela ausência de investimentos em diversas áreas, quando na verdade sabe-se ser todo prejuízo, fruto da corrupção desenfreada, de desvios de verbas públicas, de perdões e incentivos fiscais, da atuação de autoridades que se locupletaram do dinheiro público, é a forma mais cruel de caça às bruxas.

A tentativa infeliz do Governo do Estado que de forma irresponsável busca alcançar metas, demonstra que sua administração talvez não se diferencie das demais que passaram, vez que ao conduzir sua vontade, desprezando aqueles que possibilitaram sua governabilidade até aqui, apresentando resultados nacionalmente reconhecidos como os trabalhos desenvolvidos pelos policiais civis nos quatro cantos do Estado, evidencia que a classe trabalhadora não lhe é cara e que a humildade em construir alternativas, discutindo saídas menos onerosas e prejudiciais, serão marcas da atual administração.

Ao policial civil de Goiás levamos a mensagem de crise e tragédia anunciada, de uma condição jamais vista e suportada e que em sendo positivada, implica no fim de uma velhice minimamente digna depois de devotar toda uma vida de trabalho à proteção de desconhecidos. Os que não compreendem a labuta diária da vida de um policial, digam o que quiserem, somente aquele que vive a profissão sabe de suas agruras. Trata-se de uma profissão diferenciada sim.

A entidade que até aqui deu seu voto de confiança ao Governo e que por tantas vezes cuidou de acalmar os ânimos da categoria que representa, mesmo vendo direitos mínimos não sendo respeitados, ainda que amparados em legislações vigentes, curva-se à necessidade urgente e inadiável de unir-se àqueles que representa e lutar por uma previdência justa e pela manutenção de direitos outros que em sendo retirados, representa o avanço de uma desvalorização que se arrasta há décadas, somado a ausência de estrutura para a execução dos trabalhos que se agrava com a evidente falta de efetivo policial.

Policial civil, este é o momento de refletir e avaliar intimamente o que você quer para seu futuro. Se a exploração de seu trabalho enquanto vigor tiver e o abandono em sua velhice, ou que você possa trabalhar com tranquilidade sabendo que no futuro terá a garantia de uma aposentadoria que lhe dê condições de manter-se de forma digna.

Esse é o momento de lutar, essa é a hora que não podemos recuar!!!

Artigo anteriorClube dos Policiais Civis é inaugurado com grande festa em Goiânia
Próximo artigoPoliciais civis buscam por apoio de deputados na PEC da Previdência

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here