Sinpol orienta sobre os cuidados com o coronavírus

0
764

Diante da classificação do coronavírus COVID-19 como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e após a confirmação de quatro casos de pessoas infectadas em Goiás, sendo três em Goiânia e uma em Rio Verde, o Sindicato dos Policiais Civis de Goiás (Sinpol-GO) orienta a todos os policiais sobre a necessidade de proteção contra o vírus.

O coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, após casos registrados na China, que provoca a doença chamada de COVID-19. Conforme o Ministério da Saúde, a maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas mais afetadas.

Transmissão
As pessoas infectadas podem transmitir o coronavírus enquanto estiverem com os sintomas. Durante o período de incubação e casos assintomáticos não são contagiosos. Os sintomas do COVID-19 são respiratórios, semelhantes a um resfriado, mas também podem causar infecção no trato respiratório inferior, como as pneumonias. Até o momento, os principais sintomas conhecidos são febre, tosse, dificuldade para respirar.

Para evitar a transmissão, as pessoas devem se atentar a manter as mão sempre limpas, lavando com água e sabão por pelo menos 20 segundos e respeitando os cinco momentos de higienização, utilizar o álcool em gel, cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir e não compartilhar objetos pessoais. Além disso, evite colocar a mão na boca, nariz e olhos e manter contatos próximos com as pessoas, como abraços, apertos de mão e beijos no rosto.

É recomendado ainda que as pessoas fiquem a, pelo menos, um metro de distância para evitar contaminação por gotículas de saliva. O período de incubação, que é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção por coronavírus, pode ocorrer entre dois e 14 dias.

Quarentena
Devem ficar em quarentena de 14 dias todas as pessoas que viajaram para o exterior recentemente. O Governo de Goiás e as prefeituras de diversos municípios goianos também decretaram suspensão das aulas na rede pública e privada por 15 dias. Da mesma forma, a Assembleia Legislativa de Goiás e a Câmara Municipal de Goiânia definiram protocolos para evitar a proliferação do coronavírus com a suspensão de sessões solenes, eventos em auditórios e entrada do público nas galerias. Ambas as Casas de leis estão restritas apenas a parlamentares e servidores.

Com informações do Ministério da Saúde

Artigo anteriorAção conjunta da PM e PC resulta na apreensão de 1 tonelada de maconha
Próximo artigoComunicado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here