15° DP realiza trabalho de revitalização da sede

Antes com várias sucatas e com um ferro velho, os agentes conseguiram dar uma cara nova ao DP

0
1128
Antes
Fachada do 15° DP antes da ação dos agentes de polícia

Os agentes do 15° Distrito Policial, do Bairro Goiá, que atende 147 bairros realizaram um trabalho de revitalização da sede da Delegacia para melhor atender a população e também para uma melhor estadia dos policiais, que encontravam um DP com uma grande quantidade de ferro velho e de uma quantidade enorme de veículos apreendidos.

De iniciativa dos próprios agentes do DP e com recursos próprios e também com a ajuda da comunidade, foi feita uma força tarefa a partir de fevereiro deste ano, quando os agentes, encabeçados pelo delegado Germano Cesar de Castro Melo e sua equipe saíram do 19° rumo ao 15°.

O escrivão Alexandre de Almeida Mota, que está há 19 anos na PC do Estado de Goiás, foi junto com o delegado, após Germano ser convocado para compor a equipe do 15° DP. “Eu estava trabalhando com ele, e eu o acompanhei, junto com mais um agente de polícia”. “Nós chegamos lá em uma delegacia totalmente sucateada, uma casa adaptada, com uma estrutura péssima e cheia de vazamentos e goteiras no telhado, cheia de lixo e um depósito no fundo, com um ferro velho de moto, peças e carros”.

Partindo desta situação, os agentes buscaram mudar a situação da sede, para melhorar o ponto para os agentes de polícia que estão lotados no Distrito. “A gente foi atender ao chamado da direção para tentar melhorar o que tinha no 15° DP, e tentamos melhorar o que tinha na Delegacia, porque o que se via era uma situação totalmente desumana para atender o quadro de policiais que estão lá”.

“O nosso primeiro passo foi tentar melhorar a situação de serviço para os próprios policiais que estavam ali. Fizemos uma força tarefa junto com a direção da Polícia Civil e do departamento de patrimônio, que nos auxiliou. A gente utilizou recursos próprios mais algumas doações da população, com parcerias que fizemos, e conseguimos fazer uma reforma, ao menos parcial, para se deixar o mínimo de estrutura para se trabalhar”.

Depois
Fachada do 15° DP após a ação dos agentes

O agente, inclusive, avalia que a intenção teve êxito. “Ficou muito bom na medida do possível, porque o certo era alterar o prédio todo, mas como não tem como mexer no estrutural, ao menos ficou um ambiente limpo, um ambiente visualmente bem melhor para a população que, em sua maioria, não sabia onde ficava a delegacia. Passava na porta e nem sabia identificar se era uma delegacia, de tão apagada que era”.

Distrito

O 15° DP é considerado um dos maiores do Estado, por atender a quantidade enorme de bairros da Região Oeste da capital. O escrivão diz que, por dia, são feitos cerca de 30 Boletins de Ocorrência, além pelo menos dois Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) por dia. “Também temos uma média de quatro flagrantes por mês, sendo que todas as investigações foram feitas pelo Distrito”.

“Nós não ficamos parados esperando a população vir até nós, ficamos desenvolvendo operações, além de efetuar as prisões de pessoas que estavam foragidas ou com algum mandado de prisão por nós, tudo sem o auxílio do Polícia Militar”.

Operação Fake Life

Nesta onda de operações feitas pelo DP, destaca-se a Operação Fake Life, que foi uma das maiores operações que a PC fez neste ano, rendeu até mesmo uma matéria em rede nacional. A operaçao prendeu um casal que tinha cinco empresas de turismo e dava golpes em operadoras de crédito e também em empresas de alugueis de carro de luxo. “Foram cerca de três meses investigações dos nossos policiais e a operação foi desencadeada somente com agentes e escrivães do Estado do 15° DP”.

O agente, inclusive, destaca esta atuação do Distrito, em meio às dificuldades. “A Delegacia é e pode ser comprovada por números, que fazem prisões em flagrante entre as delegacias distritais. Mesmo com esta estrutura, nós não deixamos de fazer nossas investigações e nossas autuações. Nós estamos nos esforçando além da nossa medida, porque os policiais estão ali porque fazem por amor e porque gostam. O pessoal é bastante atuante”, conclui.

Artigo anteriorInformações sobre ação de 13° salário
Próximo artigoEscola Superior da Polícia Civil divulga cronograma de cursos para o mês de outubro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here