Nota de repúdio

0
219

O Sinpol Goiás repudia a declaração da secretária de Fazenda, Cristiane Schimidt durante um evento realizado pela FGV. O servidor público não pode ser responsabilizado pela má gestão do governo. Nós servidores estaduais, e aqui falamos em nome dos policiais civis, trabalhamos com responsabilidade e respeito ao cidadão. Nossa luta por melhorias está garantida por lei, assim como de qualquer outro trabalhador. Culpar uma categoria pela crise atual, só mostra a ineficiência de nossos gestores.

Lembrando que a própria secretária apresentou este mês dados a Assembleia Legislativa referente às contas do governo no ano de 2020. Mesmo com previsões negativas, o Estado teve um superávit de R$ 524 milhões. Dado similar ao apresentado em 2019, que foi de R$ 523 milhões. Para este ano a expectativa é de um superávit ainda maior.

O Brasil está se desintegrando não pelos gastos com servidor público, uma vez que em países com desenvolvimento econômico e social bem melhor que o nosso é ainda maior, mas por conta das escolhas elitistas e injustas feitas pelos “gestores”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here