segunda-feira, junho 24, 2024

Inspetor Galeno: fez a diferença até quando estava aposentado

Foi bravura e amor pela profissão que o motivaram. As lutas da categoria não o enfraqueceram. Por mais Galenos entre nós.

Acompanhar a rotina da delegacia, ver a agitação dos colegas nos dias de batidas, informar e receber informações, ajudar em investigações, presenciar e participar das lutas da categoria foi o que motivou o inspetor Galeno Nicodemos Braga chegar aos 104 anos servindo o quanto pode.

Foi exemplo de vitalidade e dedicação à Polícia Civil. Mesmo aposentado e já com mais de cem anos de idade, fazia de questão de trabalhar todos os dias na DEIC.

Ele sabia que o que o mantinha vivo era o amor ao trabalho à polícia. E seguiu o coração. O policial civil mais antigo do Estado estava sempre com o traje impecável, tinha postura séria e cumpria horário. Era conhecido e respeitado por todos.

Dia 14 janeiro completam três anos do falecimento dele, e seu nome jamais será esquecido nos relatos da história da Polícia Civil goiana. A Praça do Complexo das Delegacias Especializadas em Goiânia recebeu o nome do inspetor.

Em vida, recebeu muitas homenagens pela dedicação ao trabalho e seus aniversários eram comemorados até nos pátio das delegacias, reunindo delegados, agentes e escrivães que trabalharam com ele. A filha e a atual companheira organizavam dessa forma, porque sabiam que era ali que ele queria estar, reunido suas “duas famílias”.

E fez o que pode até que um dia que sofreu um acidente no trajeto para o trabalho, caiu ao pegar o ônibus. Foi o momento que a família conseguiu mantê-lo em casa.

Uma das festas do inspetor na delegacia

Carreira

Galeno Nicodemos Braga nasceu em Silvânia dia 14 de novembro de 1914 e teve somente uma filha, Maria Galiana Braga.

Em 1940 foi nomeado para em caráter efetivo para exercer o cargo de Sub-Promotor de Justiça da Comarca de Rio Bonito, por Decreto foi convidado a exercer em comissão o cargo de Delegado Municipal de Polícia de 3ª Categoria em Caiapônia.

Ingressou na Polícia Civil no ano de 1961, contratado como Inspetor e lotado na Delegacia de Capturas. Em 1963, foi nomeado em caráter efetivo, através de concurso público, para exercer o cargo de Investigador de Polícia. Em 1967 foi reclassificado no cargo de Inspetor de Polícia e em 1969 foi reenquadrado no cargo de Agente de Polícia de 1ª Classe.

Trabalhou no 4º DP e Divisão de Investigações Criminais, atual DEIC. Aposentou em 1985 no cargo de Agente de Polícia, mas continuou na Polícia Civil como Delegado comissionado nas Delegacias Municipais de Cristianópolis e Rio Quente, cargo que exerceu até 1992. E há de se orgulhar, constam 17 (dezessete) atos elogiando-o pela dedicação e eficiência ao serviço policial.

Placa em homenagem ao inspetor Galeno
Cerimônia de inauguração da Praça que recebeu o nome do inspetor
Homenagens ao inspetor
Exemplo para os policiais civis
COMPARTILHE EM SUA REDE SOCIAL:
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
error: Recurso Desativado!