Inspetor Galeno: fez a diferença até quando estava aposentado

0
130

Foi bravura e amor pela profissão que o motivaram. As lutas da categoria não o enfraqueceram. Por mais Galenos entre nós.

Acompanhar a rotina da delegacia, ver a agitação dos colegas nos dias de batidas, informar e receber informações, ajudar em investigações, presenciar e participar das lutas da categoria foi o que motivou o inspetor Galeno Nicodemos Braga chegar aos 104 anos servindo o quanto pode.

Foi exemplo de vitalidade e dedicação à Polícia Civil. Mesmo aposentado e já com mais de cem anos de idade, fazia de questão de trabalhar todos os dias na DEIC.

Ele sabia que o que o mantinha vivo era o amor ao trabalho à polícia. E seguiu o coração. O policial civil mais antigo do Estado estava sempre com o traje impecável, tinha postura séria e cumpria horário. Era conhecido e respeitado por todos.

Dia 14 janeiro completam três anos do falecimento dele, e seu nome jamais será esquecido nos relatos da história da Polícia Civil goiana. A Praça do Complexo das Delegacias Especializadas em Goiânia recebeu o nome do inspetor.

Em vida, recebeu muitas homenagens pela dedicação ao trabalho e seus aniversários eram comemorados até nos pátio das delegacias, reunindo delegados, agentes e escrivães que trabalharam com ele. A filha e a atual companheira organizavam dessa forma, porque sabiam que era ali que ele queria estar, reunido suas “duas famílias”.

E fez o que pode até que um dia que sofreu um acidente no trajeto para o trabalho, caiu ao pegar o ônibus. Foi o momento que a família conseguiu mantê-lo em casa.

Uma das festas do inspetor na delegacia

Carreira

Galeno Nicodemos Braga nasceu em Silvânia dia 14 de novembro de 1914 e teve somente uma filha, Maria Galiana Braga.

Em 1940 foi nomeado para em caráter efetivo para exercer o cargo de Sub-Promotor de Justiça da Comarca de Rio Bonito, por Decreto foi convidado a exercer em comissão o cargo de Delegado Municipal de Polícia de 3ª Categoria em Caiapônia.

Ingressou na Polícia Civil no ano de 1961, contratado como Inspetor e lotado na Delegacia de Capturas. Em 1963, foi nomeado em caráter efetivo, através de concurso público, para exercer o cargo de Investigador de Polícia. Em 1967 foi reclassificado no cargo de Inspetor de Polícia e em 1969 foi reenquadrado no cargo de Agente de Polícia de 1ª Classe.

Trabalhou no 4º DP e Divisão de Investigações Criminais, atual DEIC. Aposentou em 1985 no cargo de Agente de Polícia, mas continuou na Polícia Civil como Delegado comissionado nas Delegacias Municipais de Cristianópolis e Rio Quente, cargo que exerceu até 1992. E há de se orgulhar, constam 17 (dezessete) atos elogiando-o pela dedicação e eficiência ao serviço policial.

Placa em homenagem ao inspetor Galeno
Cerimônia de inauguração da Praça que recebeu o nome do inspetor
Homenagens ao inspetor
Exemplo para os policiais civis
Artigo anteriorAgente de polícia tem artigo apresentado em revista do Instituto Brasileiro de Segurança Pública
Próximo artigoSinpol Goiás adquiriu apartamentos em Caldas Novas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here