Diretor do Sinpol encontra delegado-geral para tratar assuntos importantes para a categoria

0
1495

O Diretor Administrativo do Sinpol-GO, Henrique César de Araújo, se reuniu com o Delegado-Geral da Polícia Civil, Odair José Soares, para tratar de assuntos relativos à categoria.

Foram discutidas demandas que careciam de apreciação e, caso seja possível, solução plausível por parte do Delegado-Geral. Dentre elas, a dos servidores da 4ªDRP/Cidade de Goiás, em que o delegado Ivaldo Gomes Mendonça baixou portaria para que os policiais cumprissem plantão de sobreaviso aos finais de semana e feriados. Assim, os policiais cumpririam cerca de 62 horas ou mais nesses plantões recebendo apenas 15 horas de cada plantão.

Outra demanda discutida foi a dos servidores lotados na Central Geral de Flagrantes, onde as folhas de ponto já chegam preenchidas com os horários de entrada e saída, tanto no horário normal, quanto nos intervalos de descanso. Entretanto, os horários de descanso estavam vindo em um padrão em que se cobria uma hora em que estaria em vigor o adicional noturno (Artigo 125 da Lei 20.756/2020), qual seja, intervalo das 23h às 00h, sendo que o adicional noturno, pela aludida lei, prevalece de 22h às 05h. As alterações e/ou adequações desses horários ficam a critério da autoridade policial gerente de cada unidade de plantão, seja na Capital ou interior, conforme Portaria 63/2014 expedida pela DGPC.

A mudança de locais da guarda de detentas do sexo feminino, as quais foram realocadas para cidades distantes de onde são feitos os plantões no interior também foi abordada. A alteração foi feita pela Agência Prisional e os policiais civis estão tendo de se deslocar, às vezes, mais de trezentos quilômetros, de ida e volta para fazer o transporte dessas presas, deixando, assim, as delegacias fechadas durante o plantão, ou com apenas um escrivão na unidade.

Também solicitamos uma reunião com o Secretário de Segurança Pública, Rodney Rocha Miranda, para tentar resolver questões referentes aos servidores da SPTC.

Artigo anteriorPoliciais aderem à proposta de promoção do governo estadual
Próximo artigoComunicado importante

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here