Adicional noturno: mais uma conquista histórica do Sinpol para os policiais civis de Goiás

0
2598

O adicional noturno é uma conquista histórica do Sindicato do Policiais Civis de Goiás (Sinpol), fruto de uma luta que se iniciou ainda em abril de 2016, quando o sindicato protocolou um Mandado de Injunção, visando a implementação desse direito que já existia no âmbito federal.

O Sinpol obteve vitória no campo judicial, mas por reiteradas vezes o Estado desobedeceu a decisão judicial. A Justiça deu prazo para que o governo de Goiás propusesse uma legislação, criando o adicional noturno, o que não foi cumprido. Posteriormente, o governo enviou um projeto, diferente do que determinava a decisão judicial, com apenas 5% de adicional e com o horário reduzido, as 23h às 4h. O projeto não avançou na casa porque o Sinpol buscou o apoio dos deputados para evitar que o projeto desfavorável aos policiais tramitasse na Casa.

O prazo final para o Estado cumprir a determinação de pagar o adicional noturno era julho de 2019, mas esse direito só foi implementado com a revisão e publicação do novo Estatuto de Servidor Público de Goiás (Lei 20.756/20), que entrou em vigor em 28 de julho de 2020.

Trata-se de um direito que poucos estados da federação reconhecem como sendo devido aos policiais.

Entenda melhor seu direito
O adicional noturno é pago no mês seguinte ao trabalhado porque é necessário o preenchimento de planilhas até o final de cada mês para que se tenha controle de quantos plantões foram laborados pelo servidor, bem como as horas noturnas trabalhadas em cada plantão.

A legislação vigente entende como hora noturna o intervalo entre as 22h até as 5h do dia seguinte. O adicional noturno representa um acréscimo de 20% no valor de cada hora trabalhada nesse intervalo.

Como o novo Estatuto do Servidor entrou em vigor em 28 de julho de 2020, o Estado entende que o adicional noturno passou a ser devido somente a partir dessa data. Em razão disso, no pagamento do mês de agosto os policiais receberam o valor correspondente a apenas um dia de plantão, que dos dias 28 a 31 de julho, uma vez que a escala de plantão dos policiais civis em Goiás é de 20h por 72h.

No salário de setembro, devem vir as horas noturnas trabalhadas durante todo o mês de agosto.

O Sinpol dá os parabéns a todos os policiais que se sacrificam, desempenhando suas obrigações durante a noite, e orienta seus filiados que trabalharam no período noturno nos últimos anos a buscarem seus direitos ao recebimento dos valores referentes ao adicional noturno de forma retroativa, com ações judiciais individuais de cobrança.

Artigo anteriorCongresso mantém veto que trata das progressões em 2021
Próximo artigoAssembleia Extraordinária Conjunta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here