Sinpol-GO obtém importante vitória sobre custódia e escolta de presos

0
335

Por iniciativa do SINPOL-GO, foram suspensas a escolta e a custódia de presos até então sob responsabilidade da Polícia Civil de Caçu. Além de desvio de função dos agentes de Polícia Civil, a situação vinha trazendo transtorno, já que os detidos estão recolhidos na cadeia pública de Itarumã, distante 45 quilômetros de Caçu, e praticamente todos os dias os agentes tinham de buscar presos em Itarumã para apresentá-los à Justiça, em Caçu, depois retornando com eles para a cadeia da cidade vizinha.

A medida foi determinada pelo superintendente de Polícia Judiciária da Polícia Civil de Goiás, Odair José Soares, depois de solicitação do SINPOL-GO, que considera essa situação abusiva.

Há pouco mais de um mês, o Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás ajuizou ação na Justiça requerendo que sejam proibidas essas custódias, transporte e remoção de presos por policiais civis.

O presidente do SINPOL-GO, Paulo Sérgio Alves de Araújo, ressalta que essa é uma tendência que deve ser mantida em todo o Estado.

“Não é e não pode ser responsabilidade da Polícia Civil cuidar das carceragens e fazer escolta e custódia de presos”, ressalta Paulo Sérgio.

SINPOL-GO LIVRE E TRANSPARENTE

Artigo anteriorSinpol-GO em Ação – Revista 03/2015
Próximo artigoCâmara aprova pena maior para crimes contra policiais; matéria vai ao Senado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here