quinta-feira, dezembro 7, 2023

Sinpol confere funcionamento de centrais de flagrante

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol-GO), Paulo Sérgio Alves, visitou neste sábado, 15, diversas centrais de flagrante. O objetivo foi ver as condições de trabalho dos policiais e se as escalas de plantão estavam funcionando com equipe completa, com a presença do delegado de polícia.

A primeira central de flagrante visitada foi a do 8º distrito policial, no Setor Pedro Ludovico. Depois, o presidente do Sinpol foi para Senador Canedo, onde estava em andamento um flagrante de roubo. Havia três agentes de polícia no local e uma escrivã, que fazia o flagrante sozinha. O fato foi comunicado por Paulo Sérgio à supervisão da Polícia Civil. Sobre Senador Canedo, Paulo Sérgio observa que o plantão local é uma exigência do prefeito da cidade, que paga as horas extras da equipe. “Da mesma forma que a escrivã estava trabalhando para receber as horas extras, o delegado também estava recebendo”, argumenta. A escrivã interrompeu o flagrante e esperou pela chegada do delegado para concluí-lo.

No 8º distrito policial de Goiânia, estavam sendo feitos dois flagrantes. O delegado plantonista estava presente. Três agentes do plantão estavam em diligência, investigando. “Um escrivão só é pouco. Estamos cobrando mais efetivo”, disse. No 20º DP, o delegado havia saído para jantar e a escrivã aguardava seu retorno para fazer um flagrante sobre porte ilegal de arma. No 1º e no 5º DPs, estava tudo normal, com equipes completas. “Essas visitas se tornarão constantes”, avisa Paulo Sérgio.

SINPOL-GO LIVRE E TRANSPARENTE!

COMPARTILHE EM SUA REDE SOCIAL:
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram