Nota de Alerta

0
170

Diante da informação do não repasse por parte do governo goiano, da parcela de reajuste prevista para o mês de novembro do corrente ano, a entidade esclarece que a qualquer momento poderá e/ou deverá convocar os policiais civis a participarem de uma eventual Assembléia Geral dos servidores da Segurança Pública.

Acrescentamos que o SINPOL-GO, juntamente com a APPEGO – Associação dos Papiloscopistas Policiais do Estado de Goiás; ASSOF – Associação dos Oficiais da Polícia Militar e Bombeiros Militar do Estado de Goiás; ASSEGO – Associação dos Subtenentes e Sargentos da Policia Militar e Bombeiros Militar do Estado de Goiás; ACS – Associação dos Cabos e Soldados da Policia Militar e Bombeiros Militar do Estado de Goiás; UGOPOCI – União Goiana dos policiais civis; SINDEPOL – Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado d Goiás;– Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás; ASPEC – Associação dos Peritos e Médicos Legista do Estado de Goiás; SINDPERÍCIAS – Sindicato Dos Peritos e Médicos Legistas do Estado de Goiás; ASPEGO – Associação  dos Servidores do Sistema Prisional do Estado de Goiás; SINSEP – Sindicato dos Servidores do Sistema de Execução Penal de Goiás, vem promovendo encontros com lideranças políticas, visando reverter a situação ora apresentada. Solicitamos que os policiais se coloquem atentos aos chamamentos e estejam prontos a participarem de ações que visem garantir seus direitos.

SINPOL LIVRE e TRANSPARENTE

Artigo anteriorDiretores do Sinpol têm agenda de trabalho positiva em Brasí­lia
Próximo artigoDiretoria do SINPOL se reúne para discutir estratégias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here