O comitê das entidades de segurança vem a público esclarecer anúncio do governo de Goiás

0
183

Após o anúncio por parte do Governo do Estado de Goiás, ocorrido no dia 04/11/2015, por meio dos gestores das instituições pertencentes à Secretaria de Segurança Pública, no sentido de suspender o repasse da parcela referente ao reajuste de 12,33% previsto para os meses de novembro/dezembro, decorrentes das Leis n. 18.419/14, 18.420/14, 18.421/14, 18.474/14, 18.475/14 e 18.476/14, votadas pelos Deputados Estaduais e sancionadas pelo Governador Marconi Perillo, iniciou-se um projeto de união entre os líderes das entidades representativas da pasta, visando buscar junto ao Chefe do Poder Executivo, a manutenção desse direito.

Restaram promovidos inúmeros e incansáveis encontros com secretariados, lideranças políticas, Deputados Estaduais e Federais, bem como com o próprio Governador, reuniões estas sempre pautadas no respeito e na cordialidade, visando única e exclusivamente o cumprimento daquilo que foi decorrente de inúmeras discussões e negociações em anos anteriores, bem como, a intenção de se evitar um mal à sociedade com futuro cessar de atividades.

As bases, diante da negativa da administração pelo não pagamento do reajuste, por vezes se mantiveram irredutíveis, discursando por paralisações, no que víamos como última saída, confiantes de que o governo de forma consciente e razoável compreenderia a necessidade de cumprimento do acordo, a fim de que a sociedade não viesse ser a maior prejudicada, uma vez que os servidores públicos da Segurança Pública, sem desmerecer aos demais, são de suma importância na manutenção da ordem, sobretudo, quando vemos índices de criminalidade e violência tão gritantes no Estado.

Mas, não ocorreram avanços. E diante da aprovação do Projeto de Lei n. 3946/2015, não nos resta senão cumprir o que restou definido em assembleias individuais e coletivas das categorias. Assim, todos os servidores das forças de Segurança Pública do Estado, representadas pelas 14 entidades que compõe esse comitê, informa que no próximo dia 09/12/2015 (quarta-feira), estará promovendo OPERAÇÃO PADRÃO – ATIVIDADE ZERO pelo período de 24h, portanto, na data acima, não haverá nenhum tipo de atendimento, exceto informações a serem levadas à sociedade, haja vista que os profissionais se manterão em seus locais de trabalho.

Estamos no aguardo da manifestação do governo do estado, prontos a um acordo justo.

ACS-GO / ADPEGO / AMIGO / APPB-GO / APPEGO / ASPEC-GO / ASPEGO / ASSEGO / ASSOF-GO / SINDEPOL-GO / SINDPERÍCIAS-GO / SINPOL-GO / SINSEP-GO / UGOPOCI

Artigo anteriorInformação e reflexão
Próximo artigoAgente de Polícia de Senador Canedo é homenageado pela Comissão de Direitos Humanos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here