Escrivães de Polícia, competência e fidelidade com o trabalho policial

0
258

Hoje, 5 de novembro, comemoramos o Dia do Escrivão de Polícia. A Polícia Civil de Goiás têm o privilégio de ter em seus quadros os melhores profissionais na área da segurança pública.

Com extrema competência e eficiência, o Escrivão de Polícia, ainda que assoberbado em seus milhares de procedimentos, tem buscado lastrear com zelo e sobriedade a autoria e materialidade da investigação junto aos autos, apresentando como resposta a eficácia do seu produto final.

A versatilidade desse grande profissional o transforma em um exímio artista, um malabarista, que tem feito a diferença, nesse ambiente controvertido da Instituição Policial, reflexo das mazelas da administração pública, que, em face das carências de recursos humanos e materiais, o incumbem de um volume de trabalho brutal e sobre humano, por contar com um número de pessoal ativo, sempre aquém do ideal e justo.

Esses hérois nem sempre vistos, são aqueles que caminham por todas as circunstâncias das causas criminais e demais searas do direito, exercendo fielmente sua função, sejam sociais, psicológicas e outras até mais complexas do cotidiano das pessoas.

É ele, o Escrivão de Polícia, quem fornece a formalidade legal e gera a regularidade jurídica aos atos administrativos e processuais de Polícia, tornando-se assim a mola-mestra de uma Delegacia.

Alguém completo na acepção do termo, cuja trajetória histórica das Instituições Policiais o fez um autêntico Agente de Estado, incumbido de agregar em seus atos, todo um conjunto de outros para sanar carências e deficiências do Estado, e compulsoriamente assumir um papel de policial multifunção, para com altivez, consubstanciar fielmente o mister de Segurança Pública e prover a Instituição Policial em sua visibilidade externa, por seu produto final.

Os Escrivães de Polícia são, incontestavelmente, Agentes Públicos imprescindíveis para o Estado, inegáveis operadores do direito e analistas das regularidades formais de atos de polícia judiciária.

Sabemos que mesmo diante de todo esse grau de importância, nossos profissionais suportam um abandono evidente, seja no âmbito das unidades policiais, seja na óbvia desvalorização sob o aspecto financeiro do serviço prestado.

Mas eles são incansáveis. E, ainda que no espetáculo das ações operacionais eles não sejam reconhecidos e nem mesmo citados, são eles os verdadeiros responsáveis por lapidar as pedras que lhes são apresentadas, transformando-as em verdadeiras preciosidades.

O SINPOL-GO tem a mais absoluta honra em representar os Escrivães de Polícia do Estado de Goiás, rendendo-se a estes como os hérois de nossa instituição policial.

Parabéns, Escrivães de Polícia de Goiás, sendo eles aposentados ou ativos, foram e são o instrumento da transformação.

SINPOL LIVRE e TRANSPARENTE

Artigo anteriorNota de Falecimento – Aparecido Rosa de Camargo
Próximo artigoDestaque no site do STF, ADI que questiona a criação de cargos na Polícia Civil em Goiás