Presidente do Sinpol-GO fala à TV Anhanguera sobre possibilidade de redução de salários

0
2968
Presidente do Sinpol-GO, Paulo Sérgio convoca colegas policiais.

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol-GO), Paulo Sérgio Alves de Araújo, concedeu entrevista à TV Anhanguera e falou sobre o posicionamento da instituição diante da sinalização do governo para a possibilidade de redução da jornada de trabalho dos servidores com diminuição proporcional dos salários. 

“Se nós passamos em um concurso com determinas regras, precisamos que elas sejam cumpridas em toda a nossa carreira. Tem que ser aplicado o que diz a Constituição. Não se pode reduzir salário”, disse o presidente na reportagem. 

Goiás e outros oito Estados brasileiros pediram, em carta ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que a Corte reestabeleça a medida que possibilita a redução da jornada de trabalho dos servidores públicos e respectivo corte nos salários em caso de perda de receitas. 

A carta foi entregue na segunda-feira (4) por Ronaldo Caiado (DEM) e pela secretária da Fazenda, Cristiane Alkmin Schmidt, e também foi assinada pelos secretários de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná, Ceará, Pará, Alagoas e Mato Grosso do Sul. O pedido foi feito tendo como base dispositivos previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que foram suspensos por meio de uma medida cautelar. 

Assista à reportagem completa aqui

(Com informações do jornal O Popular) 

Artigo anteriorDelegado-geral participa de café da manhã no Sinpol-GO
Próximo artigoNota de falecimento – policial civil Geovane Araújo da Silva