Mulheres são presas suspeitas de participarem de homicídio

0
797

Policiais civis da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios, cumpriram um mandado de prisão temporária de Jéssica de Araújo, suspeita de participar do homicídio de Natália Alves Teixeira. Outra suspeita é Ketllyn Ribeiro de Almeida, que já havia sido presa na cidade de Caturaí.

O crime foi em novembro de 2020, no Bairro Vera Cruz, em Goiânia. Durante a investigação, apurou-se que a vítima Natália Pereira integrava uma organização criminosa e foi morta por ter sido apontada como informante da polícia. O mandante do crime, o preso Estácio Azambuja, disse à Natalia que ela deveria entrar no carro de Jéssica e ir a um endereço a fim de buscar um carro proveniente de roubo.

No entanto, tudo era um atrativo para que a vítima fosse levada ao local em que estava o executor. Antes de ser morta, Natália recebeu uma chamada de vídeo do preso, que contou, então, que ela morreria pois ele havia descoberto a traição. A investigada Kettlyn, concorrente de Natália, teria contado da traição para o detento.

Artigo anteriorUm policial morto em combate
Próximo artigoIdoso é preso suspeito de aplicar golpe milionário

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here