segunda-feira, maio 20, 2024

Quando todo mundo teve que parar, a polícia civil continuou trabalhando com toda eficiência

A sessão em homenagem aos 100 policiais civis do Estado de Goiás foi marcada por forte emoção, relembrando os desafios dos profissionais durante o período da pandemia do coronavírus. O evento aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores de Goiânia, no fim da tarde desta quarta-feira, 12. Seguindo os protocolos de saúde, a sessão foi em formato híbrido, sendo presencial e online.

Quem presidiu a cerimonia foi o vereador Thialu Guiotti, que ao lado do vereador Cabo Sena, tomou iniciativa para prestar a homenagem. Thialu destacou que estamos vivendo dias de grandes desafios. “Neste momento homens e mulheres tem dado a polícia civil uma dimensão histórica. São profissionais que se dedicam dia e noite, empenhando para defender e cuidar do cidadão goiano”, afirmou.

O vereador Cabo Sena enfatizou as mudanças sofridas pela pela sociedade. “Quando todo mundo teve que parar, a polícia civil continuou trabalhando com toda eficiência. Quando a desordem parecia se instalar, a polícia civil se organizou e manteve a ordem”, disse o vereador.

O ponto alto da cerimonia foi o discurso feito pelo delegado Rilmo Braga, que representou todos os policiais civis homenageados. Segundo ele, foi a polícia civil que enfrentou a maior problemática durante o período de pandemia, em razão do deferimento das medidas cautelares. “Reinventamos atividades investigativas e operações policiais, para que pudéssemos alcançar índices de redução de criminalidade desejáveis e pudéssemos manter todo o panorama que a polícia civil vinha alcançando”, afirmou. Em uma quebra de protocolo, Rilmo Braga fez questão de citar o nome de cada um dos 13 policiais civis mortos vítimas da COVID-19.

Todos os presentes no plenário fizeram um minuto de silêncio em homenagem a todos aqueles que perderam a vida durante a pandemia.

Rogerildo Gentil de Melo é agente da polícia civil há 20 anos, atualmente trabalha na Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR). Ele foi um dos homenageados e esteve presencialmente na cerimônia, representando os demais colegas. “Um reconhecimento como esse nos motiva a trabalhar com mais afinco pela sociedade goiana, como a gente já tem feito”, afirmou.

Todos os 100 policiais civis receberam a outorga do diploma de honra ao mérito. A iniciativa da homenagem foi em razão dos relevantes serviços prestados em prol da segurança do município de Goiânia.

 

COMPARTILHE EM SUA REDE SOCIAL:
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram