Quando todo mundo teve que parar, a polícia civil continuou trabalhando com toda eficiência

0
393

A sessão em homenagem aos 100 policiais civis do Estado de Goiás foi marcada por forte emoção, relembrando os desafios dos profissionais durante o período da pandemia do coronavírus. O evento aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores de Goiânia, no fim da tarde desta quarta-feira, 12. Seguindo os protocolos de saúde, a sessão foi em formato híbrido, sendo presencial e online.

Quem presidiu a cerimonia foi o vereador Thialu Guiotti, que ao lado do vereador Cabo Sena, tomou iniciativa para prestar a homenagem. Thialu destacou que estamos vivendo dias de grandes desafios. “Neste momento homens e mulheres tem dado a polícia civil uma dimensão histórica. São profissionais que se dedicam dia e noite, empenhando para defender e cuidar do cidadão goiano”, afirmou.

O vereador Cabo Sena enfatizou as mudanças sofridas pela pela sociedade. “Quando todo mundo teve que parar, a polícia civil continuou trabalhando com toda eficiência. Quando a desordem parecia se instalar, a polícia civil se organizou e manteve a ordem”, disse o vereador.

O ponto alto da cerimonia foi o discurso feito pelo delegado Rilmo Braga, que representou todos os policiais civis homenageados. Segundo ele, foi a polícia civil que enfrentou a maior problemática durante o período de pandemia, em razão do deferimento das medidas cautelares. “Reinventamos atividades investigativas e operações policiais, para que pudéssemos alcançar índices de redução de criminalidade desejáveis e pudéssemos manter todo o panorama que a polícia civil vinha alcançando”, afirmou. Em uma quebra de protocolo, Rilmo Braga fez questão de citar o nome de cada um dos 13 policiais civis mortos vítimas da COVID-19.

Todos os presentes no plenário fizeram um minuto de silêncio em homenagem a todos aqueles que perderam a vida durante a pandemia.

Rogerildo Gentil de Melo é agente da polícia civil há 20 anos, atualmente trabalha na Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Rurais (DERCR). Ele foi um dos homenageados e esteve presencialmente na cerimônia, representando os demais colegas. “Um reconhecimento como esse nos motiva a trabalhar com mais afinco pela sociedade goiana, como a gente já tem feito”, afirmou.

Todos os 100 policiais civis receberam a outorga do diploma de honra ao mérito. A iniciativa da homenagem foi em razão dos relevantes serviços prestados em prol da segurança do município de Goiânia.

 

Artigo anteriorDesmontada associação criminosa que extorquia empresários
Próximo artigoIdosa cai em “golpe do novo número” e três criminosos são presos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here