Desmontada associação criminosa que extorquia empresários

0
393

Policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas – DRACO, identificaram e prenderam uma associação criminosa que, entre os anos de 2016 a 2018, extorquiu diversos empresários goianos, com a prática do crime de corrupção, obtendo mais de R$ 1.000.000,00 em propinas.

Foram cumpridos 14 mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiânia, Caturaí, Cristianópolis e Catalão. Os alvos das prisões foram antigos servidores públicos, familiares e outras pessoas que participaram do esquema de cobranças ilegais.

A quadrilha identificava empresários interessados em instalar seus estabelecimentos em Distritos Industriais administrados pela GOIASINDUSTRIAL (atual CODEGO) e então passava a cobrar valores indevidos desses empresários, chantageando-os para dar andamento nos processos administrativos existentes na CODEGO.

Alguns empresários que se recusaram a pagar as propinas passavam a ser perseguidos, inclusive com ameaças no sentido de que as empresas já instaladas nos distritos da CODEGO seriam despejadas.

Os integrantes da quadrilha ostentavam uma vida de luxo, incluindo várias viagens internacionais por ano e aquisição de diversos carros esportivos. Parte dos investigados, mesmo morando em imóveis de alto padrão, anda solicitaram o auxílio emergencial do governo federal.

Pelo menos 09 empresas foram vítimas do grupo criminoso, número que pode aumentar com a próxima etapa das investigações.

 

Artigo anteriorHomens são presos em Goiás depois de aplicar golpe em idosa do Rio de Janeiro
Próximo artigoQuando todo mundo teve que parar, a polícia civil continuou trabalhando com toda eficiência

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here