Policiais pedem tratamento isonômico na concessão de promoções de 2019

2
1000

Os policiais civis de Goiás receberam com extrema preocupação, na tarde desta terça-feira (28), o anúncio feito pelo excelentíssimo governador Ronaldo Caiado, que, por meio de um vídeo postado em suas redes sociais, não faz menção aos policiais civis quanto à concessão das promoções de 2019, destoando claramente de um tratamento isonômico mínimo que deveria alcançar a todas as forças policiais.

Nenhum outro governo ousou preterir uma das categorias da Segurança Pública em detrimento de outra, considerando que todas têm igual direito, ainda mais quando visivelmente a produtividade da Polícia Civil é incontestável.

Por diversas vezes, a Polícia Civil de Goiás obteve notoriedade nacional, mesmo em meio a uma pandemia, operando com efetivo mínimo, haja vista que muitos policiais já foram infectados durante o cumprimento de sua missão.

Diante de motivações justas e legais, o SINPOL e o SINDEPOL CONVOCAM toda a categoria a participar, na próxima sexta-feira (31), às 14h, no pátio das Delegacias Especializadas de Goiânia, de uma Assembleia Extraordinária Conjunta, visando deliberar sobre as ações a serem perseguidas nos próximos dias.

Artigo anteriorO Popular repercute insegurança por causa da pandemia de Covid-19
Próximo artigoSinpol convoca associados para Assembleia Extraordinária

2 COMENTÁRIOS