Policiais pedem tratamento isonômico na concessão de promoções de 2019

2
798

Os policiais civis de Goiás receberam com extrema preocupação, na tarde desta terça-feira (28), o anúncio feito pelo excelentíssimo governador Ronaldo Caiado, que, por meio de um vídeo postado em suas redes sociais, não faz menção aos policiais civis quanto à concessão das promoções de 2019, destoando claramente de um tratamento isonômico mínimo que deveria alcançar a todas as forças policiais.

Nenhum outro governo ousou preterir uma das categorias da Segurança Pública em detrimento de outra, considerando que todas têm igual direito, ainda mais quando visivelmente a produtividade da Polícia Civil é incontestável.

Por diversas vezes, a Polícia Civil de Goiás obteve notoriedade nacional, mesmo em meio a uma pandemia, operando com efetivo mínimo, haja vista que muitos policiais já foram infectados durante o cumprimento de sua missão.

Diante de motivações justas e legais, o SINPOL e o SINDEPOL CONVOCAM toda a categoria a participar, na próxima sexta-feira (31), às 14h, no pátio das Delegacias Especializadas de Goiânia, de uma Assembleia Extraordinária Conjunta, visando deliberar sobre as ações a serem perseguidas nos próximos dias.

Artigo anteriorO Popular repercute insegurança por causa da pandemia de Covid-19
Próximo artigoSinpol convoca associados para Assembleia Extraordinária

2 COMENTÁRIOS

  1. Estamos moles demais, está na hora de parar as atividades, greve, paralisação, galera de 99 somos os mais prejudicados, vamos botar pra moer. Esse negócio de conversar já deu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here