Comunicado das Entidades

0
183

O COMITÊ INTEGRADO DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DA SEGURANÇA PÚBLICA reuniu-se na tarde de hoje (11/11/15), para tratar das próximas diretrizes, bem como para deliberar sobre a agenda a ser cumprida pelo comitê, restando acordado o seguinte:

1 – Convocação das categorias para assembleia geral conjunta, a ocorrer às 14h, do dia 24/11/15, na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (ALEGO);

2 – Elaboração e confecção de informativo direcionado às categorias dando conhecimento e esclarecimentos dos pleitos (a convocação será feita no próprio informativo);

3 – Elaboração e confecção de informativo dirigido à sociedade explicando os motivos da insatisfação dos profissionais de segurança pública, inclusive, esclarecendo que não se trata de pedido de aumento salarial, e sim do cumprimento das leis que repõem as perdas salariais, fruto de longas negociações nos anos de 2013/14 e, declinando sobretudo o impacto que a sociedade poderá suportar, caso todos as carreiras da segurança pública venham paralisar definitivamente suas atividades;

4 – A contar dos dias 17, 18 e 19/11, o Comitê passará a promover o acompanhamento do expediente da ALEGO, visando informar se o governo estadual enviou àquela casa legislativa, alguma mensagem  buscando alterar as leis referentes aos reajustes das carreiras da segurança pública; (caso seja enviado, a categoria deverá ser mobilizada extraordinariamente);

5 – Promover visitas a várias autoridades politicas e eclesiásticas, além de representantes das áreas comercial e industrial, em busca de apoio e demonstrando a situação e o caos que poderá se implantar, caso os profissionais de segurança decidam cessar com suas atividades.

Obs.: Permaneçam atentos, haja vista que, surgindo situação emergencial que demande mobilização das categorias, iremos informar pelas redes sociais de todas as entidades, bem como pelos grupos de whatsApp.

Artigo anteriorEntidades policiais pedem audiência com o governador
Próximo artigoSINPOL repudia manifestação desrespeitosa contra as mulheres

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here