Policiais civis penalizados de forma irresponsável pelo Secretário de Segurança Pública terão salários supridos por entidades

0
158

O SINPOL-GO informa à categoria que, considerando a irresponsável penalidade de multa aplicada contra 13 (treze) policiais civis pelo Secretário de Segurança Pública José Eliton, conforme consta em nota de repúdio publicada no site da entidade no dia 30/08, no endereço de link http://migre.me/uSmt2, as entidades SINPOL-GO e UGOPOCI, de comum acordo, entenderam por bem minimizar os prejuízos trazidos aos policiais civis Antônio Celso dos Santos, Deocleciano Lemos Calácio, Geovane Araújo da Silva, Silveira Alves de Moura, Bruno Garajau Pimenta, Fabrício Miranda Dutra de Amorim, Paulo Sérgio Alves de Araújo, Vitor Magalhães Menon, Marcelo Teixeira Gusmão, Ibrahim Arantes Ferreira Neto, Francisco José da Rocha, Marcelo Alves Ataíde e Washington de Mello Rocha, que tiveram descontados valores que vão desde R$942,54 a R$1.570,00, já neste pagamento, em seus subsídios.

Acrescente-se que os mencionados policiais sequer foram notificados em tempo hábil, para que pudessem resguardar suas finanças.

Assim, os policiais penalizados terão supridos pelas referidas entidades os valores descontados, se comprometendo todos, mediante termo próprio, a devolverem a quantia que couber a cada um às entidades, tão logo a Justiça determine e o Estado promova o ressarcimento.

O SINPOL-GO esclarece e reitera que toda afronta praticada contra policiais civis será duramente rechaçada pela entidade, não se admitindo que fique a cargo da administração pública promover punições inadequadas e ilegais.

SINPOL LIVRE e TRANSPARENTE

Artigo anteriorFórum dos Servidores cobra agilidade do TJ no julgamento de ações
Próximo artigoLideranças de entidades do Comitê Integrado se reúnem para solicitar agenda com o Governador

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here