SINPOL discute pacote fiscal do Estado (Projeto n. 3547) com Diretoria da PC e demais entidades

0
162

Estiveram reunidos nesta tarde (16/12) com o Diretor Geral Álvaro Cássio e o Vice-Diretor Marcelo Aires, o Presidente do SINPOL-GO Paulo Sérgio Alves de Araújo e a Secretária Geral Keithe Amorim, além dos Presidentes do SINDEPOL, ADPEGO, APPEGO e UGOPOCI.

A reunião se deu em virtude do projeto levado à Assembleia Legislativa, o qual, com a intenção de reduzir gastos do Estado, trouxe temas preocupantes aos policiais civis.

O Vice-Diretor Marcelo Aires pontuou que tão logo o Presidente do SINPOL Paulo Sérgio manteve contato telefônico com ele no último dia 14/12, solicitando que a direção da PC fizesse gestões no sentido de se buscar impedir a redução em 30% da AC3, gratificação de localidade destinada aos policiais do Entorno do Distrito Federal, bem como buscasse trabalhar no sentido de que outros direitos não fossem retirados dos policiais, a Diretoria da Polícia Civil procedeu a levantamentos dos custos então suportados pelo Estado e conseguiu para esta tarde uma reunião com o Secretário de Segurança Pública José Eliton para discutir o tema.

Na ocasião o Delegado Geral Álvaro Cássio disse que pleiteará a manutenção dos direitos dos policiais civis, dentre eles a continuidade no repasse da gratificação de localidade sem redução do valor, por tratar-se de uma região complexa e com extremo grau de criminalidade e violência, além de ser uma localidade que demanda alto custo de vida.

O diretor se comprometeu também a trabalhar a continuidade das progressões, considerando que o maior número de policiais fará jus às mesmas já no próximo ano; a manutenção da única promoção no mês de julho, diverso do que consta no projeto, que almeja a transferência da ascensão para o mês de dezembro e a permanência da licença prêmio e sua não transformação em licença capacitação.

O Presidente Paulo Sérgio esclarece que assim como destacado pelo Vice-Diretor Marcelo Aires, tão logo tomou conhecimento do pacote de restrições levado à ALEGO, buscou imediatamente apoio na direção da instituição, bem como também promoverá o que necessário for para evitar maiores perdas à classe policial.

A diretoria da entidade acrescenta que tão logo obtenha informações de interesse da categoria sobre os temas acima apontados, as apresentará oportunamente.

SINPOL LIVRE e TRANSPARENTE

Artigo anteriorConvocação Urgente – Reunião com policiais do Entorno
Próximo artigoSINPOL promove encontro com policiais civis do Entorno de Brasí­lia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here