Sinpol participa de vigí­lia na Alego contra pacote do governo

Representantes do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol) participam, neste momento, de uma vigília na Assembleia Legislativa do Estado (Alego) para pressionar e tentar sensibilizar os deputados para a não aprovação do pacote de medidas enviado pelo governo estadual que estabelece um teto de gastos por dez anos e aumenta a contribuição previdenciária dos servidores, de 13,25% para 14,25%, além de outras propostas altamente maléficas aos servidores, como corte de diversos benefícios.

A previsão é de que o projeto entre em votação na tarde de hoje. A mobilização foi convocada pelo Fórum em Defesa dos Serviços  dos Servidores Públicos de Goiás, que reúne todos os sindicatos e associações que representam o funcionalismo.

O Fórum denuncia que os servidores estão sendo mais uma vez prejudicados por vários equívocos e que, diante do aumento da arrecadação, o Estado dispõe de meios para honrar com seus compromissos com os servidores.

“Já temos uma decisão do Supremo Tribunal Federal que manda baixar essa alíquota e o governo, de uma forma totalmente obscura, quer aumentar, jogando tudo nas costas dos servidores como se eles fossem o problema e não a solução”, diz o diretor financeiro do Sinpol, Henrique César de Araújo.

SINPOL LIVRE E TRANSPARENTE!

COMPARTILHE EM SUA REDE SOCIAL:
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram