Sinpol atua para solucionar repasse da parcela de 12,33%

0
408

Senhores policiais, informamos aos policiais civis, em especial o segmento de escrivães, que acessaram seus contracheques semana passada e constataram o não lançamento da parcela de reajuste de 12,33%, bem como no caso dos escrivães substitutos que verificaram o não repasse relativo ao retroativo de 12,33% do mês de setembro do corrente ano, que o Sinpol, ao tomar conhecimento do ocorrido manteve contato junto à Diretoria Geral da Polícia Civil e com membros da SEGPLAN para que tomassem providências sobre a questão a fim de que referidos policiais não permanecessem no prejuízo.

Na manhã de hoje (18/12), fomos informados pela Diretoria da Polícia Civil que o problema já foi resolvido pela Secretaria de Gestão e Planejamento e que, portanto, os policiais devem receber dentro da normalidade as diferenças a que fazem jus.

No que tange à AC1 – ajuda de custo por mudança, tão aguardada pelos agentes e escrivães de polícia substitutos, será a mesma deliberada na tarde de hoje em reunião do Conselho Superior da Polícia Civil. 

Considerando o Princípio da Isonomia que rege a Administração Pública, o SINPOL requereu junto à Diretoria o mesmo tratamento dado aos demais ocupantes de cargos das forças de segurança pública, recém-nomeados da PM/BM e agência prisional, que receberam sem dificuldades referida indenização.

Asseveramos que diante de um subsídio tão ínfimo diante do merecido, de uma atividade imensamente essencial, importante e arriscada, nada mais justo que o repasse de tal ajuda para reduzir os prejuízos já suportados. 

SINPOL LIVRE e TRANSPARENTE!

Artigo anteriorPresidente do Sinpol pede audiência com SSP para tratar da reestruturação da carreira
Próximo artigoPoliciais civis aposentados poderão prestar serviços em atividades administrativas