Exercício ilegal da Medicina é alvo de operação em Palmeiras de Goiás

0
934

Policiais civis de Palmeiras de Goiás atenderem uma ocorrência de crime de exercício ilegal da Medicina, por parte de Damião Feitosa de Vasconcelos. Conforme apuração da Polícia Civil de Goiás, o suspeito atendia pacientes usando um aparelho auto-refrator e prescrevia as receitas.

Cerca de 40 atendimentos eram realizados na sede de uma igreja. Em seguida, Marcos Dias da Silva vendia as armações e providenciava a fabricação das lentes. Ao todo, foram apreendidos 21 maletas, 160 óculos, quatro receitas optométricas e o aparelho auto-refrator avaliado em R$ 15 mil.

Todos os objetos apreendidos foram remetidos ao poder Judiciário. Marcos, Damião, que se identificava como médico optometrista, e todos os pacientes encontrados no local foram encaminhados à delegacia, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Artigo anteriorPoliciais de Santo Antônio prendem dois suspeitos de furto em Minas Gerais
Próximo artigoPoliciais civis comemoram fim da subclasse de agentes e escrivães substitutos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here