Agente de polícia fica em 1º lugar no Troféu Brasil de Jiu-jitsu 2019

0
1719

O agente de polícia Rafael de Moraes Santos, 30 anos, ficou em primeiro lugar na etapa Anápolis do Troféu Brasil de Jiu-jitsu 2019, realizada nesse domingo (30). Com o resultado na categoria peso leve, o policial civil participará da próxima fase, que ocorrerá em Brasília no dia 15 de abril.

Na Polícia Civil há cerca de dois anos e lotado na 17ª Regional de Águas Lindas, Rafael afirma que já passou por duas situações durante o trabalho em que conseguiu imobilizar suspeitos com o uso de técnicas de Jiu-jitsu. “Na minha visão, ter o domínio de uma arte marcial é imprescindível. É melhor saber e nunca precisar do que precisar e não saber. Uso a luta para defender a população e meus colegas”, explica o agente.

Rafael sugere que o treinamento físico mais efetivo dos policiais civis de Goiás poderia melhorar o desempenho dos profissionais em suas atividades. “Acredito que luta como o Jiu-jitsu deveria entrar no curso de formação. É fundamental para aprimorar a habilidade do policial se defender”, avalia Rafael.  

Artigo anteriorBaterista desde os 12 anos, Marcos Medeiros investe tempo na Polícia Civil e no trabalho como músico
Próximo artigoNo México, policial civil goiano ministra palestras sobre Lei Maria da Penha