Agente da Polícia Civil, Gilma Custódio morre vítima de complicações da Covid-19

0
623

A agente da Polícia Civil do Estado de Goiás, Gilma Custódio de Freitas, de 45 anos, que trabalhou por anos na delegacia de Niquelândia, morreu na manhã deste sábado, 30, por complicações devido à Covid-19.

Gilma se contaminou pela segunda vez e foi atendida no Hospital Municipal Santa Efigênia de Niquelândia. Por apresentar complicações em seu quadro clínico, ela teve que ser transferida para outra unidade, na capital de Goiás, onde seguiu internada em uma UTI até na manhã deste sábado.

A morte foi comunicada pelo Delegado da Polícia Civil, e amigo pessoal da policial, que lamentou a morte da agente. O Delegado Dr Gerson classifica Gilma como uma pessoa integra, fiel, pronta a toda hora, pessoa ímpar, uma grande protetora de seus colegas de trabalho e uma amiga de toda vida.

Artigo anteriorOperação Piratas do Campo desbarata organização criminosa em Goiânia
Próximo artigoPedido de doação de sangue para nosso colega Marcos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here