segunda-feira, junho 24, 2024

Policiais civis desarticulam grupo que confeccionava placas irregulares de veículos

Um trabalho minucioso da Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do GEPATRI de Luziânia, em conjunto com a Polícia Civil do Distrito Federal, por meio da CORPATRI, resultou na desarticulação de uma associação criminosa que confeccionava e fornecia placas irregulares para veículos. A OPERAÇÃO RÉPLICA quebrou o elo entre o ladrões de carro/moto e aqueles que clonam veículos.

Graças às investigações dos policiais, foi descoberto duas famílias que possuíam ligação no crime e atuavam em conexão, transportando placas veiculares provenientes do SIA para Luziânia-GO e vice-versa.

A família do SIA era formada por pai, filho e nora, os quais produziam placas para fornecimento em Luziânia, e atendiam à demanda de criminosos também do Distrito Federal. Já a família de Luziânia, formada por tia e sobrinhos, também atuava na confecção de placas, utilizando empresas credenciadas junto ao DETRAN-GO e estabelecidas na cidade.

Outro envolvido que foi preso é o funcionário público da prefeitura de Silvânia-GO, que exercia o cargo de Superintendente de Trânsito da cidade e era responsável pelo recebimento de placas irregulares e o fornecimento de matrizes alfanuméricas para a confecção de placas de motocicleta no padrão cinza ainda.

Foram 26 locais de busca e apreensão e 06 mandados de prisão preventiva nas cidades de Brasília (DF), Luziânia (GO), Silvânia (GO) e Vianópolis (GO), os autuados foram interrogados e levados para a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Luziânia, por determinação da magistrada responsável pelo caso.

Mais uma vez, policiais civis contribuindo de maneira exemplar à Segurança Pública, mesmo que ainda não tenham todos os seus direitos respeitados.

COMPARTILHE EM SUA REDE SOCIAL:
Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
error: Recurso Desativado!