Sinpol GO participa do Congresso de 30 anos da Cobrapol

0
55

A celebração de aniversário da entidade aconteceu nos dias 18, 19 e 20 de novembro de 2021 durante o 20º Congresso Nacional Extraordinário da Cobrapol, na sede do Sinpol do Mato Grosso do Sul.

Na pauta das deliberações do Congresso, destacam-se:
– a prestação de contas;
– a estruturação das federações em cada uma das cinco regiões que dão base territorial à Cobrapol;
– a mobilização pela Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil;
– a luta contra a PEC 32, da reforma administrativa;
– mudanças estatutárias;
– e a participação da Cobrapol nos processos políticos.

O presidente da Cobrapol, André Luiz Gutierrez, também informou a aquisição da sede própria da Confederação em Brasília/DF.

Ainda no Congresso, Gutierrez destacou a relevância da Confederação que é convidada a participar de discussão nas Comissões da Câmara dos Deputados e do Senado, como na Comissão de Direitos Humanos e na Comissão de reforma do Código Penal. A Cobrapol também conseguiu que a Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados se declarasse contra a PEC 32, bem como a bancada da segurança pública. Gutierrez informou que o Jurídico da Cobrapol já revisou a proposta de Lei Orgânica, a qual se encontra com a Adepol Brasil.

Durante o evento foram discutidos temas importantes como ações para o empoderamento político da categoria dos policiais civis, visando decisões e atuação para o pleito de 2022, tendo em vista, especialmente, a questão da “quarentena” que o Congresso Nacional está querendo impor aos profissionais de segurança pública já para as eleições de 2026. Ou seja, querem que os policiais civis fiquem afastados de seu cargo por cinco anos para poderem concorrer em um processo eletivo.

O Congresso contou com a presença de lideranças dos policiais civis de todo país, federações e sindicatos. Representou o Sinpol GO, o diretor Jurídico Antônio da Costa que destacou o trabalho da FeipolCon e Cobrapol na defesa dos policiais goianos no Congresso Nacional, visto que estamos afastados das mobilizações nacionais em razão de todos os diretores do Sinpol Go estarem lotados em delegacia.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here