Polícia Civil prioriza teletrabalho e delegacia virtual para conter avanço do coronavírus

0
733

A Polícia Civil do Estado de Goiás publicou nesta segunda-feira, 8, a Portaria 023/2020, que fixa procedimentos a serem adotados para auxiliar na contenção da disseminação do novo coronavírus.

Devem ser priorizados o teletrabalho e o atendimento por meio da delegacia virtual, nos casos compatíveis com o uso dessa ferramenta, ampliando ainda o atendimento por meio de ligação telefônica, e-mail ou aplicativo de mensagem instantânea, com o objetivo de reduzir, nas delegacias de polícia, o atendimento presencial ao público. A medida foi tomada depois da confirmação de 14 casos de Covid-19 entre servidores da Polícia Civil.

Embora preveja essas modalidades de trabalho, a portaria determina a autuação de todos os tipos penais, devendo, obrigatoriamente, ser observadas as regras de agendamento de horário, controle da entrada de pessoas nas delegacias por policiais civis, impedindo a aglomeração de pessoas, uso de máscara e disponibilização de álcool em gel, entre outras medidas. A periodicidade dos atendimentos deverá ser fixada pelos delegados titulares das delegacias, que devem zelar pela preservação da saúde.

A quantidade de servidores presenciais nas delegacias deverá ser fixada pela chefia de cada unidade, a quem caberá estabelecer as atividades a serem exercidas em teletrabalho e fiscalizar o trabalho remoto. A portaria determina ainda que seja mantida a suspensão de todos os cursos presenciais da Escola Superior da Polícia Civil.

Veja a portaria aqui: Portaria 023/2020

SINPOL LIVRE E TRANSPARENTE!

Artigo anteriorServidores da Segurança Pública cobram pagamento imediato de promoções
Próximo artigoMudança na Secretaria de Segurança Pública de Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here