Sinpol propõe ao Ministério da Justiça atribuição de nível superior a todos os policiais civis do País

0
210

O presidente do SINPOL-GO, Paulo Sérigo de Araújo, participou de reunião nesta segunda-feira (18/07) no Ministério da Justiça para tratar da inclusão da atribuição de nível superior a todos os cargos da Polícia Civil no Projeto de Lei Geral da PC, além de outros temas como o CONASP. O secretário Nacional de Segurança Pública, Celso Perioli, manifestou surpresa ao tomar conhecimento de que o concurso para policial civil de Goiás cria cargo com a menor remuneração do País.

A reunião na sede do Ministério da Justiça contou ainda com as presenças do presidente e vice-presidente da COBRAPOL, Janio Bosco Gandra e Anderson Amorim, presidente do Sinpol/SC e presidente interino da Feipol/Sul, da Diretora Social do SINPOL-GO, Keithe Amorim, além de representantes de outros sindicatos e federações. Foi levado à pauta a lei aprovada pelos deputados da bancada governista de Goiás, que resultou no anúncio de concurso público para os cargos de agente e escrivão substitutos, com subsídio de R$1.500,00. Paulo Sérgio expôs ao secretário o enorme risco e retrocesso que o certame representa nos moldes apresentados pelo governo de Goiás, e todos os presentes foram unânimes em reconhecer o absurdo de um subsídio tão aquém da missão dada a homens que doam suas vidas na profissão, sobretudo, nos tempos atuais, com o aumento da criminalidade e violência.

Ainda na agenda nacional de valorização dos policiais civis, foi discutida a questão da necessidade de manutenção da aposentadoria especial aos policiais, mesmo que ocorram estudos sobre mudanças na previdência. Na próxima quinta-feira (21/07), o SINPOL-GO participará de uma reunião com o Ministro da Justiça onde vários temas de interesse nacional serão discutidos, além do concurso público tão em evidência nos últimos dias.

SINPOL LIVRE e TRANSPARENTE

Artigo anteriorSinpol lança segunda etapa de campanha de valorização do policial civil
Próximo artigoPresidente do Sinpol critica salários