Contribuição sindical, como promover o repasse da mensalidade de janeiro 2017

0
181

Senhores sindicalizados, como amplamente divulgado, o Governo do Estado deixou de cumprir determinação judicial contida em liminar favorável ao SINPOL, quando se negou a lançar no consignado o valor afeto à contribuição sindical relativa ao mês de janeiro.

Em razão disso, e buscando manter as contas rigorosamente em dias, solicitamos que nossos sindicalizados apresentassem em suas respectivas agências bancárias, a ficha de autorização para débito em conta, contudo, ocorreu uma baixa cooperação, o que acabou por comprometer as finanças da entidade.

Nossa gestão sempre pautou pela responsabilidade financeira e transparência na prestação de contas, razão pela qual reiteramos a necessidade da apresentação das fichas que autorizam a cobrança em agência bancária, do contrário, a assistência prestada à nossa categoria acaba por restar prejudicada, uma vez que temos obrigações para com funcionários, advogados, ações judiciais, manutenção de veículos, água, energia, dentre tantos outros gastos e, por consequência, o sindicalizado permanece inadimplente.

Ademais, contamos com gastos extras no mês corrente, como a mobilização em Brasília, que resultou no pagamento de alimentação e transporte àqueles que nos acompanharam ao DF, além do que somos também, como outras tantas entidades colaboradores financeiros com a UPB Nacional e Regional, no que se refere à luta em favor da aposentadoria policial.

Acrescentamos que com espírito de solidariedade, colaboramos ainda com quantia em dinheiro em favor do colega Cláudio, alvejado há poucos dias em uma tentativa de assalto ocorrida em Goiânia, haja vista não ser possível a ele realizar nos próximos meses os trabalhos extra-policiais que colaborava com a manutenção de sua família e com os estudos de suas filhas que cursam universidade.

Em razão desses e de outros gastos, pedimos aos nossos sindicalizados que ainda não realizaram o repasse da contribuição de janeiro, que o faça o quanto antes, pois a entidade obteve o percentual de arrecadação de apenas 27,98% do valor mensal, estando suportando, portanto, um prejuízo de 72,02%.

Assim, solicitamos que os depósitos da contribuição daqueles que ainda não o fizeram, no valor de R$55,42, correspondente a 1% do subsídio do agente/escrivão de polícia de 2ª classe nível I, sejam feitos com urgência em uma das contas abaixo e que sejam repassados os comprovantes via e-mail sinpol.go@gmail.com ou pelo telefone da Secretária Geral Keithe Amorim (62)99983-9293.

Contas Correntes SINPOL-GO:

Banco Itaú:
Ag. 4417
C/C. 03003-0

Banco CEF
Ag. 2437
Op. 003
C/C 0670-6

CNPJ: 02.677.585.0001-04

Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás

Destacamos que esperamos que o Estado cumpra no próximo mês com a medida judicial, promovendo o repasse por consignado das contribuições, porém, mesmo assim devem os sindicalizados apresentarem a documentação em sua agência bancária para que a entidade não fique à mercê do Estado no que tange à suas finanças quando assim bem entender.

Certos de podermos contar com a compreensão, desde já agradecemos.

 SINPOL LIVRE e TRANSPARENTE

Artigo anteriorSINPOL participa de reunião com Procurador Geral do Estado, Alexandre Tocantins
Próximo artigoPresidente do SINPOL realiza visitas a delegacias de Goiânia e sindicaliza novos policiais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here