Sete anos da morte dos policiais que investigavam chacina em Doverlândia

0
2000
É com muita tristeza que lembramos nesta quarta-feira (8) sete anos da queda do helicóptero da Polícia Civil, no município de Piranhas, que levou à morte de sete colegas.
Os delegados Osvalmir Carrasco e Bruno Rosa Carneiro, que pilotavam o helicóptero, Antônio Gonçalves, Vinícius Batista Silva, Jorge Moreira, Marcel de Paula Oliveira e Fabiano de Paula Silva faziam parte da força-tarefa que investigava uma chacina ocorrida no município de Doverlândia. Inclusive, o principal suspeito do crime morreu no acidente.
Nossos colegas morreram cedo demais, enquanto trabalhavam para levar respostas sobre um crime à sociedade. Lembramos o quanto aqueles dias foram difíceis. Sabemos que a dor entre os familiares e colegas ainda persiste.
Mas continuaremos lembrando da força, empenho e trabalho destes amados colegas e estimados policiais civis!
Artigo anteriorDia do Policial Civil e Prestação Anual de Contas
Próximo artigo“Tudo que fazemos com amor é recompensado” – A história de Lucas Borges, Agente de Polícia Civil que é apaixonado pelo que faz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here